P.I.T.E. - Rua Circular Norte, Évora (+351) 217 272 683 info@4operations.pt

Viagem ao futuro do Transporte Público

Viagem ao futuro do Transporte Público por Fernando Santos Costa – General Manager & Founder da Empresa Interfaces Portugal

Numa época marcada pela crescente diversificação e complexidade dos problemas associados à mobilidade e à vida das pessoas, coloca-se o desafio de procurar soluções sustentáveis e verdadeiramente eficientes e eficazes para que as necessidades de mobilidade no quotidiano dos consumidores encontrem, no sistema de transporte público de passageiros, respostas efetivas e à altura dessa complexidade.

Ao longo dos mais de 30 anos que estou ligado ao setor do transporte público de passageiros, tenho assistido, tal como o leitor, aos mais variados diagnósticos baseados em aspetos económicos, sociais, operacionais, tarifários, políticos, etc., e que procuram, todos eles, justificar a dificuldade que o sistema de transportes tem para satisfazer as necessidades de consumo de mobilidade dos consumidores. Assisti, também, ao longo deste percurso, às mais diversas iniciativas para aumentar o consumo do transporte público (TP) e, sem pretender entrar na discussão do mérito dessas iniciativas, até porque estive envolvido profissionalmente em algumas, mas olhando apenas para os seus resultados, constato que, ano após ano, o consumo do produto TP, ao invés de aumentar, continua a diminuir.

Após a leitura destes três primeiros parágrafos, se não fosse da área, no meu pensamento haveria uma pergunta a ganhar expressão: mas será que alguém já perguntou aos consumidores o que eles pensam e querem do transporte público?
A resposta é claramente, sim! A última vez até é recente e ocorreu com o Estudo de Satisfação – Transportes Públicos 2014, ainda realizado pela extinta AMTL para a Área Metropolitana de Lisboa (AML).

Ao viajar nos resultados desse estudo, encontramos, na minha opinião, indicadores relevantes para sinalizar parte da solução para aumentar o consumo do produto TP de forma sustentada e com iniciativas de longo prazo. Quando a expetativa das iniciativas é imediatista, os resultados acabam por ser os do costume, mantendo os consumidores longe do produto certo; os Transportes Públicos.

Para enquadrar o leitor nesta viagem, convido-o a acompanhar-me, num veículo autónomo, com lugar previamente reservado através da sua app, com wi-fi free para aceder aos melhores conteúdos e beneficiar das promoções do dia e por um valor ridículo, paciência, para ler este meu artigo até ao fim.

Continue a ler a totalidade deste artigo de opinião acendendo ao link a abaixo patilhado.

http://www.transportesemrevista.com/Default.aspx?tabid=210&language=pt-PT&id=56730

Missão

A nossa missão é aumentar a retenção no mundo dos transportes aproximando as expectativas e motivações dos candidatos com as condições oferecidas pelo mercado, construindo novas soluções para recrutar, formar e reter enquanto um ecossistema.

Ver mais